quarta-feira, agosto 30, 2006
Radio Free Rothbard
Erick Vasconcelos / 10:45 PM
Excelente artigo. Aqui há um excerto e aqui, o PDF do artigo completo. O foco do texto são os direitos de propriedade sobre o espectro de ondas de rádio, mas outra coisa me chamou a atenção.
Frank van Dun, writing in a different context, notes: "Murray Rothbard wisely cut short such an interpretation by insisting that 'property' is a praxeological, not a physicalist concept. Consequently, one's property is only in 'means of action,' not in things as such.

Thus the Rothbardian concept is radically different from how we're used to thinking about property. It is not a physical object, nor a rigidly defined spatial boundary; it is "not in things as such," but an exclusive claim to the use of a scarce resource, a claim to the means of human action.
Ou seja, os direitos de propriedade podem ser estabelecidos praxeologicamente. Portanto, o Direito Natural não diz respeito à natureza física, mas à natureza da ação humana. A falha em perceber isso leva muitas pessoas a abandonarem o Direito Natural e a aderirem a qualquer outra filosofia (utilitarismo, egoísmo stirneriano etc).