sexta-feira, julho 11, 2014
DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA! O PT VENDEU O BRASIL PARA CUBA. OU: O COMUNO-EURASIANISMO JÁ É UMA REALIDADE EM TERRAS TUPINIQUINS. ABAIXO EXPLICO MELHOR
Léo Miranda / 4:53 PM
Talvez isso explique a razão do jornalista Reinaldo de Azevedo ter declarado a seguinte frase: "Se as pessoas soubessem o que aconteceu no Foro de São Paulo ficariam enojadas".

O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por vlogues e podcasts de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente The Alex Jones Show e Talk Show com Evandro Sinotti, e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

FATO COMPROVADO: O PT VENDEU O BRASIL PARA CUBA. Os políticos petistas foram avisados, às 13:13 do dia 13/13/2013 (aniversário de 700 anos do PT), em uma reunião envolvendo o Sr. Vladimir Putin (na única vez que o presidente russo compareceu ao Brasil), o ditador cubano Raúl Castro e o sósia oficial do Zacarias na Bolívia, Evo Morales. Os políticos de outros partidos permaneceram em isolamento, em seus helicópteros ou iates regados a prostitutas. A princípio muito contrariados, os políticos petistas se recusaram a trocar as benesses do capitalismo corporativista pela miséria socialista, que paga os salários em arroz e papel higiênico.

A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, $MN 6.000.000,00 (seis milhões de pesos cubanos) e mil rolos de papel higiênico para cada político mais um bônus de $MN 400.000,00 e 20kg de frango para todos os integrantes do MST, num total de $MN 1.500.000.000,00 (um bilhão e quinhentos milhões de pesos cubanos) mais os frangos e os rolos de papel higiênico. Os prêmios foram pagos através da, em breve, União das Repúblicas Eurasianas Soviéticas (URES). Além disso, os políticos que aceitarem o contrato com a ITAR-TASS (agência de notícias estatal soviética) nos próximos 4 anos terão as mesmas bases salariais dos dirigentes máximos da empresa, como Stalin e Lenin.

Mesmo assim, Eduardo Suplicy se recusou a participar dessa jogada, o que obrigou a presidenta Dilma a substituí-lo por Paulo Maluf, dizendo que Suplicy estava com planos de ter uma banda cover do Racionais (em primeira notícia divulgada às 13:13 no centro de imprensa) e, logo depois, às 13:45, alterando o pronunciamento para “chamou os black blocs de companheiros e companheiras”.

A sua situação só foi resolvida após o representante da PDVSA ameaçar retirar o patrocínio vitalício ao Supla, filho do político, avaliado em mais de Bs 90.000.000,00 (noventa milhões de bolívares venezuelanos) ao longo da sua carreira (sem trocadilho).

Assim, combinou-se que o Brasil seria vendido durante o segundo mandato da presidenta Dilma, porém a apatia que se abateu sobre os políticos petistas fez com que a Coreia do Norte, que absolutamente não participou desta negociação, adquirisse, de uma vez só, 240 toneladas em armamentos através do Porto de Mariel em Cuba e já começasse a implantação do comuno-eurasianismo mundial.

O Sr. Vladimir Putin, presidente da Rússia, cidadão russo-soviético, aplaudiu a colaboração dos políticos petistas, uma vez que a nova Guerra Fria trará equilíbrio à disputa geopolítica. Garantiu que a cúpula do PT teria seu caminho facilitado para Miami para desfrutar de suas férias eternas.

Por gentileza, passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda a política!

Desde já, agradeço, um abraço.
Olavo de Carvalho, filósofo na instituição de ensino Completo.